Coleta SeletivaExistem diversas definições para o termo coleta seletiva de lixo. Na prática, significa a "separação do lixo" que, na sua maioria, é produzido por nós mesmos.

Muitas pessoas podem pensar "Por que separar o lixo, se tudo vai para o mesmo lugar"? Também existem diversas teorias para essa resposta. Contudo, a mais aplicável à questão é: "Fazer a minha parte."
Quando separamos o lixo (mesmo que o destino para "todos os lixos" seja o mesmo), estamos colaborando para que, por exemplo, materiais que poderiam ser reaproveitáveis, se contaminem, o que diminui o valor da reciclagem dos materiais.
Muitas cidades estão se organizando, criando pontos de reciclagem de lixo. Há outras que fornecem descontos no pagamento do IPTU. Essa é mais uma forma de geração de renda!
 
Cachoeira
O Conselho Nacional do Meio Ambiente - Conama é o órgão consultivo e deliberativo do Sistema Nacional do Meio Ambiente - Sisnama; foi instituído pela Lei 6.938/81, que dispõe sobre a Política Nacional do Meio Ambiente, regulamentada pelo Decreto 99.274/90. É composto por Plenário, Cipam, Grupos Assessores, Câmaras Técnicas e Grupos de Trabalho.
O Conselho é presidido pelo Ministro do Meio Ambiente e sua Secretaria Executiva é exercida pelo Secretário-Executivo do MMA.
Por meio da Resolução n. 275, de 25/04/2001, o Conama estabeleceu o código de cores para os diferentes tipos de resíduos, a ser adotado na identificação de coletores e transportadores, bem como nas campanhas informativas para a coleta seletiva, conforme segue.

Coleta Seletiva

Vendo este código de cores, você saberia dar o destino correto a certos materiais?
Branco - resíduos de ambulatórios e de serviços de saúde.
Marrom - resíduos orgânicos.
Laranja - resíduos perigosos.
Roxo - resíduos radioativos.
Cinza - resíduo geral não reciclável.
CoresCores





Cores de lixeiras

 

Coleta Seletiva de Lixo: Papel, Papelão Cor Azul

Reciclável
  • Folhas e aparas de papel
  • Jornais
  • Revistas
  • Caixas
  • Papelão
  • Formulários de computador
  • Cartolinas
  • Cartões
  • Envelopes
  • Rascunhos escritos
  • Fotocópias
  • Folhetos
  • Impressos em geral
  • Tetra Pak
Não Reciclável
  • Adesivos
  • Etiquetas
  • Fita Crepe
  • Papel carbono
  • Fotografias
  • Papel toalha
  • Papel higiênico
  • Papéis engordurados
  • Metalizados (chips, balas)
  • Parafinados
  • Plastificados
  • Papel de fax
Cuidados especiais: devem estar secos, limpos (sem gordura, restos de comida, graxa), de preferência não amassados. As caixas de papelão devem estar desmontadas por uma questão de otimização do espaço no armazenamento. 

Coleta Seletiva de Lixo: Metal Cor Amarela

Reciclável
  • Latas de alumínio
  • Latas de aço (óleo, sardinha)
  • Ferragens
  • Canos
  • Esquadrias
  • Arame
Não Reciclável
  • Clips
  • Grampos
  • Esponja de aço
  • Latas de tinta ou veneno
  • Latas de combustível
  • Pilhas
  • Baterias
Cuidados especiais: devem estar limpos e, se possível, reduzimos a um menor volume (amassados). 


Coleta Seletiva de Lixo: Plástico Cor Vermelha

Reciclável
  • Tampas
  • Potes de alimentos
  • PET
  • Garrafas de água mineral
  • Recipientes de limpeza
  • Higiene
  • PVC
  • Sacos plásticos
  • Brinquedos
  • Baldes
Não Reciclável
  • Cabo de panela
  • Tomadas
  • Adesivos
  • Espuma
  • Teclados de computador
  • Acrílicos
Cuidados especiais: potes e frascos limpos e sem resíduo para evitar animais transmissores de 
doenças próximo ao local de armazenamento. 

Coleta Seletiva de Lixo: Vidro Cor Verde

Reciclável
  • Potes de vidro
  • Copos
  • Garrafas
  • Embalagens de molho
  • Frascos de vidro
Não Reciclável
  • Planos
  • Espelhos
  • Lâmpadas
  • Cerâmicas
  • Porcelanas
  • Cristal
  • Ampolas de medicamentos
Cuidados especiais: potes e frascos limpos e sem resíduo para evitar animais transmissores de doenças próximo ao local de armazenamento. 

Coleta Seletiva de Lixo

Marrom
Todo lixo que tem origem animal ou vegetal.
Cinza
Estopas / panos sujos com graxa e óleo.
Demais resíduos provenientes das outras categorias.
E as pilhas e baterias?
O Conama, por meio da Resolução n. 257, de 30/06/1999, definiu que as pilhas e baterias que contenham em suas composições: O chumbo, cádmio, mercúrio e seus compostos, necessárias ao funcionamento de quaisquer tipos de aparelhos, veículos ou sistemas, móveis ou fixos, bem como os produtos eletroeletrônicos que as contenham integradas em sua estrutura de forma não substituível, devem,
Conama
após seu esgotamento energético, serem entregues pelos usuários aos estabelecimentos que as comercializam ou à rede de assistência técnica autorizada pelas respectivas indústrias, para repasse aos fabricantes ou importadores, para que estes adotem, diretamente ou por meio de terceiros, os procedimentos de reutilização, reciclagem, tratamento ou disposição final, ambientalmente adequada. A seguir, como curiosidade, o tempo de decomposição de certos materiais na natureza.