O Banco do Brasil é uma das instituições financeiras mais antigas e seguras do Brasil, mas será que vale a pena ser correntista diante das inúmeras contas digitais lançadas?







Apesar da mudança de visão recente, a instituição segue trazendo melhorias ao passo que trouxe cartões de crédito novos como o BB Universitário ou BB Fácil, isentos de anuidade.

Sou correntista há aproximadamente três anos, no ato da abertura da conta corrente foi pago uma taxa de R$30,00, taxa esta de confecção de cadastro(Taxa não cobrada em bancos digitais), ademais contratei a cesta de serviços essenciais, isenta de tarifas e regulamentada pelo Banco Central.

A principal vantagem de ser correntista no Banco do Brasil é a ampla rede de agências distribuídas por todo Brasil (mesmo que ao passo do fechamento de várias devido o corte de gastos, ainda há bastante agências para atendimento com gerente/caixa, e também os Terminais de Auto Atendimento -TAA).

O aplicativo do banco melhorou muito também e é por onde faço várias das minhas transações mensais como checar extrato, fazer transferências e pagamentos e também onde solicito uma senha para ser atendido na agência de minha escolha, oque é de grande ajuda, pois houve vezes que retirei a senha pelo celular a agência estava cheia, só fiz chegar e marcar como presente na agência através do APP e logo ser atendido, legal né? Ah, também não poderia esquecer do atendimento via WhatsApp oque é uma grande "mão na roda", por lá pode ser verificada várias informações como fatura do cartão, fazer transferências e pagamentos, também ser atendido no próprio APP.

A principal desvantagem que posso citar é a cobrança de transferências bancárias(TED em específico) para outras instituições, oque chega ser uma dor de cabeça mas que pode ser contornada utilizando por exemplo a conta digital do Banco Inter, onde é possível gerar um boleto de depósito e geralmente um dia depois o dinheiro já estará disponível para ser transferido sem cobranças para outras instituições.
De modo geral vale a pena sim ser correntista do banco desde que saiba fazer uso apropriado dos serviços disponibilizados, pois fora a cesta de serviços essenciais tudo é questão de facada(sim facada, pois cada produto disponibilizado há uma alta taxa de juros ou serviço envolvida oque não me faz recomendar empréstimos pessoais, consórcios ou cartões de créditos caso não isentos de anuidade como a maioria.